Santo Augusto Urgente! Anuncie onde seu cliente também vê!   I    Quatro veículos se envolvem em acidente na BR-386 em Tio Hugo   I    Motorista, filha e mãe dela ficam feridas em colisão traseira na RS 342 em Independência   I    Rio Grande do Sul registra seis mortes no trânsito durante domingo de Páscoa   I    Mulher morre em acidente entre carro e caminhão na BR-285   I    Carro sai da pista e duas pessoas morrem na BR-386 em Seberi
12 de abril de 2019

Casal é preso suspeito de tentar matar homem com mais de 15 tiros após discussão em casa noturna

A Polícia Civil divulgou nesta sexta-feira (12) a prisão preventiva de um casal suspeito de tentativa de homicídio após discussão em uma casa noturna de Porto Alegre no dia 28 de fevereiro. Conforme a investigação, após o desentendimento, os dois namorados perseguiram um homem do bairro Moinhos de Vento até a Avenida Ipiranga, nas proximidades da Avenida Cristiano Fischer, onde teriam dado mais de 15 tiros contra o veículo dele.

Mesmo ferido – atingido por um disparo –, o homem conseguiu dirigir até o Hospital de Pronto Socorro (HPS). Durante a investigação, ele contou à polícia que estava sofrendo ameaças devido a dívidas.
Imagens de câmeras de segurança mostraram a discussão do casal com o desafeto na madrugada do crime. Na sequência, os dois suspeitos saem em perseguição à vítima.

Marçalla Chaves Marques, 30 anos, e Cristiano da Silva Vieira, 31 anos, foram presos em Alvorada, na quinta-feira (11), por agentes da 1ª Delegacia de Homicídios da Capital. Segundo o delegado Guilherme Gerhardt, responsável pela investigação, o casal estava escondido há um mês na casa de uma amiga da suspeita.

Motivação
O delegado afirma que o desentendimento na casa noturna teria sido causado por uma antiga desavença entre Marçalla e o baleado. Os dois foram sócios na organização de várias festas rave na cidade durante anos.
O homem – cujo nome está sendo preservado por questões de segurança – terminou a sociedade com a suspeita e teria deixado uma dívida aproximada de R$ 30 mil. Depois, afirma que começou a ser cobrado e ameaçado de morte, até ocorrer a tentativa de homicídio.

A operação recebeu o nome de Viúva Negra devido ao fato de Marçalla ter tido envolvimento com vários traficantes da Capital que morreram em emboscadas por criminosos. O atual companheiro dela, Cristiano Vieira, tem passagem pela polícia por receptação, roubo de veículos, falsificação de documentos, associação ao tráfico e tentativa de homicídio.

GaúchaZH procurou a defesa dos suspeitos, que prefere não se manifestar até ter conhecimento do processo.

Fonte: GaúchaZH

Notícias Relacionadas

  • Brigada Militar de Santa Rosa prend...

    22 de abril de 2019
  • Quatro veículos se envolvem em acid...

    22 de abril de 2019
  • Motorista, filha e mãe dela ficam f...

    22 de abril de 2019
  • Rio Grande do Sul registra seis mor...

    22 de abril de 2019

NOTÍCIAS

PUBLICIDADES

NOTÍCIAS NO SEU E-MAIL

Cadastre-se para receber.

Entre em contato conosco



(55) 9 84034561 / (55) 9 96195305 Santo Augusto/RS / CEP: 98590-00
Copyright 2017 ® Santo Augusto Urgente - Todos os direitos reservados