Prefeitura de Ibirubá investiga túnel que teria sido construído para permitir a fuga de nazistas na época da 2ª Guerra – – Santo Augusto Urgente –
Santo Augusto Urgente! Anuncie onde seu cliente também vê!   I    Acidente deixa sete feridos e uma pessoa em óbito na BR-468 em Campo Novo   I    Brigada Militar prende homem procurado pela justiça em Santo Augusto   I    Homem é preso suspeito de matar o irmão em festa de aniversário   I    Mãe e filho morrem em acidente, e jovem de 17 anos sem CNH é apreendido   I    PRF flagra veículo com placas alteradas e licenciamento vencido há 8 anos em Lagoa Vermelha
6 de outubro de 2019

Prefeitura de Ibirubá investiga túnel que teria sido construído para permitir a fuga de nazistas na época da 2ª Guerra

Um mistério cerca Ibirubá há décadas. Moradores da cidade que possui cerca de 20 mil habitantes, na região noroeste, querem saber se o túnel encontrado no subsolo do centro, no cruzamento das ruas Flores da Cunha e Getúlio Vargas, próximo a praça central, serviram de rota de fuga e contrabando para nazistas na época da Segunda Guerra Mundial, como sugere a crença popular.
A versão não possui comprovação científica e o prefeito Abel Grave (PRB) diz que uma investigação será feita para desvendar o mistério que ganha força diante do fato que o Dr Braum, que atuou na cidade, tinha parentesco próximo com a esposa de Adolf Hitler, Eva Braum. A morte do médico, que teria ocorrido em 1964, até hoje é cercada de dúvidas e rumores na cidade sugerem que ele jamais foi sepultado no município e que o velório e o enterro foram forjados.
O site “Verdade Mundial” sugere que “algumas testemunhas afirmam terem escutado o barulho de algo deslizando dentro do caixão enquanto retiravam-no da sala para o sepultamento. Décadas após Dr. Braun teria sido reconhecido em São Paulo o que levou equipes de grandes emissoras do País para a pequena cidade de Ibirubá para saber mais sobre o fato”.
Geólogos da Universidade Federal do Rio Grande do Sul – UFRGS analisaram o local e descobriram a existência de “duas anomalias côncavas” no subsolo. Quatro pontos por onde supostamente o túnel passa, no cruzamento entre as ruas Flores da Cunha e Getúlio Vargas, foram sinalizados após os estudos dos profissionais.
No fim de agosto, uma empresa foi contratada com financiamento privado para fazer perfurações. Em uma delas, detectou uma parede de concreto, a cerca de quatro metros abaixo do nível do solo.
A partir desta informação, de acordo com o prefeito, o município procura desvendar o mistério.
“Há pesquisas se desenvolvendo ao longo de décadas e estamos tentando solucionar isso, terminar com essa lenda urbana. Há pessoas que afirmam que entraram nestes túneis e existe todo um contexto histórico na nossa cidade, envolvendo o parentesco do Dr Braum, há alguns documentos da Cia e do FBI (a Agência Central de Inteligência e o Departamento Federal de Investigação dos Estados Unidos) que afirmam que nazistas passaram por Ibirubá”, confirmou o gestor.
Uma segunda escavação, realizada nesta semana, encontrou um tubo de concreto com cerca de 1,20m de diâmetro e 10 cm de espessura. O secretário de obras, Vanderlei de Souza, que coordenou os trabalhos junto com o Corpo de Bombeiros, revelou à em entrevista que o tubo parece ter sido fabricado com uma massa de concreto fora do padrão que se conhece hoje.
“Ele foi quebrado com a ajuda de uma máquina retroescavadeira. A partir daí encontramos uma tubulação de cerca de 7m de comprimento que dá numa parede de tijolos. À direita, na mesma direção da rua Getúlio Vargas, a tubulação segue”, detalha ele.
Souza destaca que o túnel está limpo e se ele estaria sendo usado para escoamento pluvial teria marcações, afinal a terra na região é vermelha. “O túnel está limpo. Não tem sinal de marcação de água”, apontou.
Em busca de respostas
O prefeito informou que está procurando pessoas capacitadas para realizar um estudo capaz de elucidar a presença da tubulação. “É preciso deixar claro que trata-se de uma ponta solta na história de Ibirubá. Precisamos finalizar isso. Os relatos vem ultrapassando as gerações e não podemos perder a oportunidade de buscar a elucidação”, declarou ele, acrescentando que não existe um prazo para que o mistério chegue ao fim.

Fonte: Diário da Manhã

Notícias Relacionadas

  • Disputa entre índios envolveria uso...

    21 de outubro de 2019
  • Acidente deixa sete feridos e uma p...

    21 de outubro de 2019
  • Homem é preso suspeito de matar o i...

    20 de outubro de 2019
  • Mãe e filho morrem em acidente, e j...

    20 de outubro de 2019

NOTÍCIAS

PUBLICIDADES

PUBLICIDADES



NOTÍCIAS NO SEU E-MAIL

Cadastre-se para receber.

Entre em contato conosco



(55) 9 84034561 / (55) 9 96195305 Santo Augusto/RS / CEP: 98590-00
Copyright 2017 ® Santo Augusto Urgente - Todos os direitos reservados